sexta-feira, 16 de março de 2012

Casa da família Buarque de Hollanda, Rua Buri (atualizado 16/03/2012)

 Heloisa Buarque de Hollanda com os netos, Álvaro, Luiz, Miucha, Sergito, Teodoro, Jayme, Chico, Maria do Carmo, Ana Maria e Cristina no colo. Fonte


Construída há 94 anos, a casa da Rua Buri tem valor histórico e cultural para a cidade, porque foi nela que o historiador Sergio Buarque de Hollanda trabalhou, estudando e escrevendo, durante os últimos 25 anos de vida. Localizado na Rua Buri, 35, no Pacaembu, o imóvel foi declarado de utilidade pública pela prefeita Marta Suplicy no dia 11 de julho de 2002, comemoração do centenário de nascimento do historiador.

O imóvel, em terreno de mais de 600 metros quadrados, abrigará o Centro Cultural Sergio Buarque de Holanda – Discoteca da Música Brasileira.

 Crédito da imagem: Viva Pacaembú por São Paulo

Na casa, o mestre autor de Raízes do Brasil, escreveu seus textos. Dali saíram, para os festivais de MPB dos anos 60 e 70, os jovens Chico Buarque, Miucha, Cristina e Ana. Ali se reuniram os então jovens talentos. A batalha judicial deu-se porque uma ex-funcionária requereu nos tribunais o usucapião da propriedade. A família recebeu a desapropriação. Por enquanto a casa está com as janelas emparedadas, para evitar invasões e vandalismo.







Os meninos da Rua Buri, do jornalista Claudio Renato



Fontes:

Viva Pacaembú

Margarita sem Censura 

------------------------------------------------------------------------------------

Restaurada

As paredes já receberam nova camada de tinta e o piso voltou à cor original. No entanto, os cômodos da casa da rua Buri, no Pacaembu, zona oeste, que pertenceu à família Buarque de Holanda, continuam vazios.
Comprado pela prefeitura em 2007, o imóvel foi reformado e aguarda a instalação do Centro de Referência em Estudos de Educação. As obras, que custaram R$ 403 mil, duraram quatro meses e terminaram em dezembro. Porém, segundo a Secretaria Municipal de Educação, ainda não há data para que o espaço ganhe nova função. 

Isadora Brant/Folhapress
Fachada da casa que foi dos Buarque de Holanda, na rua Buri, no Pacaembu; mesmo reformado, imóvel segue sem uso
Fachada da casa que foi dos Buarque de Holanda, na rua Buri, no Pacaembu; mesmo reformado, imóvel segue sem uso.


De acordo com a pasta, o modelo do centro de estudos, que deverá ser aberto ao público, está em desenvolvimento. A ideia é fomentar a pesquisa aplicada em educação. Para lá, deve ser transferida toda a documentação da secretaria, hoje na Vila Mariana. 

Quando a prefeitura adquiriu a casa, cogitou-se fazer ali um centro cultural, mas o plano não saiu do papel.
A construção feita de tijolos maciços e pedras recebeu em 1957 o historiador Sérgio Buarque de Holanda, sua mulher e os setes filhos, entre eles Chico Buarque. Após a morte de Sérgio, em 1982, uma ex-babá ficou no local.
Nas mãos da prefeitura, a casa recebeu corrimãos nas escadas externas e grades na fachada --para evitar invasões como a de janeiro de 2011, quando estudantes protestaram contra "soluções urbanísticas, arquitetônicas e sociais no governo Lula". 






Visualizar Chega de Demolir S!P em um mapa maior (Vista da Região-Google Street View)


Exibir mapa ampliado


Visualizar Casas históricas paulistanas em um mapa maior

3 comentários:

  1. A internet é algo fantástico. Seu blog é um serviço essencial a memória de São Paulo. Parabéns
    Pedro Nastri

    ResponderExcluir
  2. Pedro,

    Obrigado por seu comentário. Geralmente conhecemos somente as residências de pessoas muito famosas, mas aqui já moraram e ainda moram muitas personalidades que vale a pena divulgar. Afinal, podemos dizer que temos um vasto museu a céu aberto (rs). Abs.

    ResponderExcluir
  3. Em nenhuma matéria a respeito da casa informam que é visitável e qual o horário de visitação. Uma lástima!

    ResponderExcluir